Livros abandonados – 1/2016

Livros

Quem nunca começou a fazer algo com uma super empolgação e, de repente, de uma hora para outra, abandonou o projeto no começo, meio ou fim do caminho? Quem nunca teve uma lista de livros abandonados?

É muito triste e frustante, eu sei, mas acontece. Acho que já falei isso em outro post, mas vou repetir: eu nunca abandonava uma leitura. Nunquinha. Era questão de honra. Até o dia que eu percebi que a vida era curta demais para perder tempo com livros que não estavam sendo bons para mim.

Continuo seguindo essa filosofia… Às vezes eu volto para uma leitura abandonada, porque acredito que o livro não seja ruim, eu que não estava no clima para ele. Mas alguns abandonos não tem mais volta.

Aqui vou listar os livros que eu lembro ter abandonado este ano, até agora. Posso até ter largado outros, mas não me recordo mesmo.

Livros Abandonados 1/2016
  • Lolita – Não sei se voltarei para ele. Estava achando tudo muito chato, muito descritivo, não estava conseguindo me envolver com a história.
  • Never let me go – Eu estava achando o livro okay… Nem lembro porque eu o larguei. Talvez tenha aparecido um outro que eu estava querendo muito ler.
  • Marina – Olha, o livro é super curtinho e eu lia, lia e lia, e parecia não render nada. Sério. Não conseguia sair do lugar, mas talvez eu dê uma segunda chance.
  • O morro dos ventos uivantes – Chato. Não cheguei na página 30, acho, mas já estava achando tudo muito chato.
  • O restaurante no fim do universo – Eu gostei bastante do primeiro livro, mas parece que não escolho um bom momento para tentar ler o segundo. Tenho fé que esse dia chegará.

E vocês, abandonaram muitos livros em 2016?



ME ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS E ASSINE A NEWSLETTER!

FACEBOOK  TWITTER  INSTAGRAM  SNAPCHAT

Previous Story
Next Story

You Might Also Like

  • Carolina

    Concordo: a vida é muito curta pra se obrigada a ler o que não tá sendo aproveitado!! Eu passei por uma experiência recente de leituras por obrigação e sofri. Peguei alguns livros de youtubers para ler para poder ter uma opinião sobre esse tipo de literatura; meu, como sofri. Terminei dois livros (o da Jout Jout – que é bem bacana, e o da Kefera – que é muito ruim) e foi uma luta!!

    http://www.carolvayda.com.br

    • Não é?! Antes eu lutava até o fim… Hoje nem fico com peso na consciência quando abandono.
      Menina, vc gostou no livro da Jout Jout? Eu não curti… Achei bem chatinho beirando o porre. Fiquei decepcionada. =/

%d blogueiros gostam disto: