Ler e assistir ou assistir e ler?

Filmes, Livros

Como boa bookaholic que sou, sempre que anunciam a adaptação cinematográfica de algum livro que eu já li (e adoro), fico super animada, feliz e saltitante. Ao mesmo tempo em que fico apreensiva, com medo… Afinal, esses produtores têm o poder de criar algo tão esplêndido quanto destruidor.

Exemplos para as duas situações é o que não falta, mas a gente já chega lá.

Roteiros originais? Ahn?

Já faz alguns anos que digo a mesma coisa: não existe mais criatividade em Hollywood. Onde foram parar os roteiros originais? A maioria dos filmes de sucesso lançados nos últimos anos são adaptações de livros, quadrinhos ou vídeo-games. Já repararam? Não que eu esteja reclamando, é apenas uma observação.

De qualquer forma, é compreensível que isso aconteça. Afinal, uma adaptação de um livro, HQ ou game, que já tem milhões de fãs pelo mundo, é garantia de uma audiência de milhões de espectadores indo ao cinema para conferir o filme. Dinheiro certo.

O inverso também vale. Quantas pessoas não se interessam pela história original depois de ter assistido a tal adaptação?! Todo mundo sai ganhando. É um bom negócio para os criadores e produtores.

livro x filme

Livro x Filme: a batalha

Quando vai sair alguma adaptação de um livro que eu já queria ler, prefiro fazer a leitura antes de ir para o cinema. Caso não seja algum título da minha lista, mas a história parece ser interessante, eu assisto o filme primeiro. Se eu gostar muito, penso se quero mesmo ler o livro. Quando fiz isso, na maioria das vezes, eu gostei mais do texto original.

Para mim, o grande problema de ler antes de assistir é a expectativa criada e, raramente, atingida. Saio do cinema reclamando, totalmente insatisfeita, 90% das vezes. Mesmo assim, quando possível, prefiro ler ates de conferir a adaptação, assim eu critico com propriedade.

Eu sei que é impossível recriar fielmente cada palavra escrita naquele livro, mas às vezes as mudanças são desnecessárias e destruidoras. Quando eu sei que o autor participou da produção e permitiu tamanho absurdo, a desolação é maior ainda. (Divergente? Oi?!)

Por essa razão, até entendo quem prefira sempre assistir antes de ler. Pelo menos você sobe o nível da qualidade da obra. Mas por outro lado, fazer isso pode dar preguiça de ler, afinal já assistiu; ou, se o filme for muito ruim, pode fazer com que as pessoas desistam da leitura, achando que o livro é tão ruim quanto.

Isso já aconteceu comigo algumas vezes; assisti O diário de Bridget Jones, Harry Potter e a Pedra Filosofal, As vantagens de ser invisível, Crepúsculo, O lado bom da vida e Dezesseis Luas antes de ler, mas foram filmes que incentivaram a leitura dos respectivos livros.

O mesmo não aconteceu com Orgulho e Preconceito, Percy Jackson, Eu sou o número Quatro e Para sempre Alice. Apesar de ter gostado dos filmes, não me senti muito animada para encarar as obras literárias. Até tentei com Orgulho e Preconceito (filme favorito da vida), mas não rolou o mesmo encanto. Triste.

Melhores e piores: a lista

Agora sim é a hora de mandar a real sobre quais são as melhores e piores adaptações, na minha opinião. As melhores são boas adaptações e bons filmes para quem não leu. As piores são péssimas adaptações, mas podem, ou não, serem bons filmes independentes. Ah, e não tem ordem de preferência, nem nada. Prontos? Vamos lá!

Livro X Filmes - As Melhores

  • A culpa é das estrelas
  • Harry Potter
  • Garota Exemplar
  • Jogos Vorazes

Livro X Filmes - As Piores

  • Divergente
  • O diário da princesa 2
  • Dezesseis luas
  • A Saga Crepúsculo: Amanhecer

*Todas as imagens dos filmes são de divulgação

E vocês, preferem ler e assistir, ou assistir e ler? Quais as melhores e piores adaptações?




ME ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS E ASSINE A NEWSLETTER!

FACEBOOK  TWITTER  INSTAGRAM  SNAPCHAT

Previous Story
Next Story

You Might Also Like

%d blogueiros gostam disto: