Blythes ou bonecas cabeçudinhas

Há muito tempo, nos primórdios da internet, quando Fotolog era tendência, eu me apaixonei pelas fotos de uma boneca toda estilosa e diferentona. Ela tinha um olhão redondo e o guarda-roupa que eu queria pra mim. Ela era a Blythe.
Para quem não conhece, as Blythes foram lançadas nos Estados Unidos no começo dos anos 70, mas na ocasião não fez muito sucesso entre as crianças pelo seu visual um tanto excêntrico. Em menos de 1 ano elas foram retiradas de circulação.
Porém, em 1997 uma produtora de TV e vídeo conheceu a boneca e começou a fotografá-la em suas viagens. Pronto. Em 2000, quando o livro com as fotografias foi lançado, as bonecas começaram a fazer sucesso e a valerem muito dinheiro. Em 2001, a japonesa Takara começou a produzir e comercializar novamente as Blythes, que se tornaram um símbolo fashion.

A minha Anninha é muito meiga!

Pois bem, desde que eu vi essas fotos pela primeira vez, eu desejei absurdamente uma delas. Como eu tinha uma amiga morando no Japão, fui muito cara de pau e pedi pra ela. Ela me avisou que elas eram muito caras, mas me mandou uma pequenininha (que até então eu achava que era o tamanho padrão) e eu fiquei muito feliz! Como não levo jeito para fotografia e não tinha roupas para ela, logo desisti dessa vida.

Mas o mundo dá voltas, minha gente. E no ano passado descobri que uma amiga colecionava Blythes e o meu desejo de adolescência foi reacendido. Mas dessa vez a situação era mais favorável porque: 1. ela era maior; 2. eu tinha dinheiro; 3. tinha uma aliada para me orientar sobre como e onde comprar; 4. eu teria roupas!!! \o/

Pense numa criança feliz, ansiosa e extremamente empolgada… Era eu. Hoje, confesso, não me dedico mais ao hobby (sim, é um hobby, uma coleção, para o qual você precisa disponibilizar muito tempo e muito dinheiro), mas guardo minhas pequenas com muito carinho.

Eu só tenho uma Blythe original, as outras são imitações, chamadas TBL, e todas são customizadas por 3 artistas diferentes (duas delas foram feitas pela mesma pessoa). Não vou entrar em detalhes sobre esse negócio de original, falsa, customização… Isso é papo de colecionador e pode ser chato para quem não tem interesse. Porém, se vocês quiserem, posso fazer um post mais completo sobre isso, apenas avisem nos comentários.

Agora, apresento-lhes minhas filhas, minhas blythes: Isla, Violet, Anna e Hermione. *aplausos*

Clique na imagem para ver em tamanho maior




ME ACOMPANHE NAS REDES SOCIAIS E ASSINE A NEWSLETTER!

FACEBOOK  TWITTER  INSTAGRAM  SNAPCHAT